Os Prémios de Marketing M&P

Pelo sétimo ano vamos premiar as melhores estratégias de marketing, as campanhas, acções e decisões que podem fazer a diferença para marcas e empresas, contribuído assim para a sua notoriedade e crescimento. Nesta sétima edição temos 32 categorias a concurso, integradas em nove grandes categorias (Sectores de Actividade, Meios, Relações Públicas, Branded Content, Sustentabilidade e Responsabilidade Social, Eventos e Patrocínios, Low Budget, Mercados Internacionais e Inovação).

Para além dos troféus categoria, será igualmente entregue, se o júri assim o entender, um Grande Prémio, para aquele que for considerado o melhor caso de todos os que se apresentaram a concurso. Será ainda atribuído o prémio Agência Criativa do Ano e Agência de Meios do Ano às agências que tenham sido mais premiadas nesta sétima edição dos Prémios de Marketing Meios & Publicidade. O director de marketing que veja as acções de comunicação dos produtos/serviços da sua empresa serem mais premiados recebe o troféu Marketeer do Ano.

André Freire de Andrade (Dentsu Iberia & SSAfrica), Andreia Vaz (Nestlé), Bernardo Rodo (OMD), Cristina Vaz Tomé (Grupo Impresa), Erik Lassche (Grupo Fullsix Portugal), Fernando Braz (Salesforce Portugal), João Cardoso (GroupM), Jorge Vinha da Silva (Arena Atlântico), Judite Mota (VMLY&R), Loara Costa (Sovena), Luis Pereira Santos (WeCann Portugal), Pedro Janela (WYgroup), Pedro Teles Baltazar (Nova Expressão), Ricardo Tomé (Media Capital Digital), Ricardo Valadares (Millennium bcp), Rita Amzalak (Havas Media), Rui Freire (Initiative), Sérgio Leal (McDonald’s Portugal) e Susana Albuquerque (Uzina e Clube de Criativos de Portugal) são os profissionais que têm a seu cargo a avaliação dos casos.

Carla Borges Ferreira

Regulamento

Introdução

Os Prémios de Marketing M&P, promovidos pelo jornal Meios & Publicidade, pretendem distinguir as melhores estratégias de marketing/publicidade e comunicação, tendo em conta os seus objectivos e resultados. São dirigidos a todas as empresas e profissionais que, a título individual ou integrados em empresas, tenham apresentado trabalhos em Portugal ou que, tendo apresentado trabalhos no exterior, exerçam a sua actividade em Portugal. Nesta sétima edição podem ser inscritos campanhas/acções/projectos tornados públicos entre os dias 1 de Junho de 2019 e 15 de Outubro de 2020, desde que não inscritos na edição anterior.

São atribuídos três prémios por categoria – Ouro, Prata e Bronze -, existindo este ano 32 categorias a concurso. Estas, por sua vez, integram-se em 9 grandes categorias (Sectores de Actividade, Meios, Relações Públicas, Branded Content, Sustentabilidade e Responsabilidade Social, Eventos e Patrocínios, Low Budget, Mercados Internacionais e Inovação) podendo ainda existir um Grande Prémio por cada uma destas grandes áreas.

A existência deste Grande Prémio depende da apreciação do júri. Em sentido contrário, mediante a avaliação dos casos a concurso, os jurados podem entender não atribuir os três troféus nas 32 categorias.

Para além dos troféus categoria, será igualmente atribuído, se o júri assim o entender, um Grande Prémio, para aquele que for considerado o melhor trabalho de todos os que se apresentaram a concurso. Será ainda atribuído o prémio Agência Criativa do Ano e Agência de Meios do Ano às agências que tenham sido mais premiadas nesta sétima edição dos Prémios de Marketing Meios & Publicidade. Para a o director de marketing que veja as acções de comunicação dos produtos/serviços da sua empresa serem mais premiados recebe o troféu Marketeer do Ano. Para se chegar a estes prémios serão contabilizados os votos de cada agência/empresa, sendo que cada Ouro vale 3 pontos, Prata 2, Bonze 1 e shortlist 0,5. O Grande Prémio vale 6 pontos, embora anulando os 3 pontos do Ouro que o trabalho terá obrigatoriamente que ter ganho.

Regras

  1. Os prémios de Marketing M&P visam premiar as melhores estratégias de marketing/publicidade/comunicação implementadas entre 01/06/2019 e 15/10/2020, desde que não inscritos na edição anterior.
  2. As inscrições estão abertas a todas as empresas e profissionais que tenham apresentado trabalhos em Portugal ou que, operando em Portugal, tenham produzido trabalhos para o exterior.
  3. Todo o material inscrito deve ser fruto de trabalhos veiculados entre Junho de 2019 e Outubro de 2020.
  4. O material e a documentação não será devolvido.
  5. Os participantes autorizam a exibição pública ou privada dos casos inscritos, bem como a compilação e venda dos conteúdo/imagens, seja no jornal Meios & Publicidade, seja noutros produtos da Workmedia.
  6. O M&P compromete-se, sempre que seja solicitado, a apenas divulgar os dados/resultados que constam do caso aos jurados, não os divulgando nos seus suportes.
  7. A organização e o júri reservam-se ao direito de reclassificar trabalhos entre categorias, bem como anular ou alterar qualquer categorias, caso os trabalhos a concurso não apresentem as características consideradas necessárias para serem premiados.
  8. Se o número de trabalhos o justificar, algumas categorias podem ser desdobradas em mais do que uma.
  9. Em caso de desistência, após a data limite estabelecida para inscrições, não haverá devolução do valor de inscrição. Se o pagamento não tiver sido efectuado, fica o concorrente responsável pelo pagamento de um valor correspondente a 50% do montante da inscrição.
  10. Todos os prémios serão atribuídos por maioria dos votos do júri. Os elementos do júri não podem votar nem defender trabalhos inscritos pelas suas agências/marcas.
  11. Para a ponderação da Agência Criativa do Ano e Agência de Meios do Ano do Ano, cada Grande Prémios vale 6 pontos, o Ouro vale 3, a Prata 2, o Bronze 1 e a presença em shortlist 0,5 ponto. Os pontos são contabilizados para as agências que submetem os casos.

Informações

Júri

O júri será composto por 19 profissionais com um percurso reconhecido na área da área do marketing, publicidade e media e será presidido pela directora do jornal Meios & Publicidade. A presidente do júri não terá direito de voto excepto em caso de empate.

  • André Freire de Andrade, CEO da Dentsu Iberia & SSAfrica
  • Andreia Vaz, head of CMI, strategy & innovation da Nestlé
  • Bernardo Rodo, managing director da OMD
  • Cristina Vaz Tomé, membro da Comissão Executiva e chief revenue officer do Grupo Impresa
  • Erik Lassche, CEO do Grupo Fullsix Portugal
  • Fernando Braz, country leader da Salesforce em Portugal
  • João Cardoso, head of digital do GroupM
  • Jorge Vinha da Silva, administrador executivo da Arena Atlântico e da Blueticket
  • Judite Mota, chief creative officer e managing director da VMLY&R
  • Loara Costa, directora de marketing e trade marketing da Sovena
  • Luis Pereira Santos, CEO da WeCann Portugal
  • Pedro Janela, CEO e fundador do WYgroup
  • Pedro Teles Baltazar, presidente do conselho de administração da Nova Expressão
  • Ricardo Tomé, director-coordenador da Media Capital Digital
  • Ricardo Valadares, director de comunicação, marca e sustentabilidade do Millennium bcp
  • Rita Amzalak, managing partner da Havas Media
  • Rui Freire, director geral da Initiative
  • Sérgio Leal, director de marketing & comunicação da McDonald’s Portugal
  • Susana Albuquerque, directora criativa da Uzina e presidente do Clube de Criativos de Portugal

A decisão do júri é soberana e definitiva e não poderá ser sujeita a qualquer recurso.

Votação

Terminado o prazo de inscrições cada jurado terá acesso a todos os trabalhos a concurso, elegendo em cada categoria os trabalhos que em sua opinião merecem passar a shortlist. Esta será composta pelos trabalhos votados por pelo menos metade dos jurados. Haverá posteriormente uma reunião de júri onde os trabalhos seleccionados serão vistos e discutidos. Em cada categoria ganharão os trabalhos que recolherem o maior número de votos. A presidente do júri só participará na votação em casos de empate. A escolha do júri é soberana.

As empresas onde exercem funções os membros do júri, profissionais de méritos reconhecidos nas diferentes áreas da comunicação, não estão impedidas de inscrever trabalhos, mas não podem votar nos projectos que as suas empresas têm a concurso. Os resultados serão divulgados apenas durante a cerimónia de entrega de prémios, que decorrerá em Fevereiro.

Inscrição

Deve preencher o formulário que formaliza a sua inscrição. Será depois contactado por [email protected], que a validará.

De seguida os casos a concurso devem ser enviadas por email ou serviço de transferência de ficheiros (ex: Wetransfer, MyAirBridge) para [email protected]

Cada inscrição tem obrigatoriamente que conter:

  • Um PDF no máximo de 30 páginas com a apresentação do trabalho a concurso, no qual devem ser referidos os objectivos e os resultados atingidos. Em simultâneo, devem ser enviadas imagens que ilustrem o caso (300 dpi) e uma sinopse/resumo que não deve ultrapassar os 3.500 caracteres (com espaços). Esta sinopse poderá ser publicada;
  • Nas categorias de Digital deve ser enviado igualmente o URL dos trabalhos;
  • Nas categorias Rádio os trabalhos que complementam os casos devem ser enviados num ficheiro MP3;
  • Nas categorias de Televisão as peças que complementam os casos devem ser enviadas em ficheiros AVI, MP4, MPG, WMV ou MOV. Em simultâneo deve ser enviado o URL das peças, previamente inseridas num site de partilha de vídeos (YouTube, Vimeo).
  • Se assim o entenderem, cada caso pode ser acompanhado também de um vídeo case

Os PDF, os ficheiros áudio e o URL dos vídeos servirão para os jurados apreciarem os trabalhos. Em caso de vitória as imagens dos PDF e os textos do ficheiro Word serão publicadas pelo M&P (site e suplemento). Os vídeos vencedores serão também exibidos durante o evento.

Pede-se aos participantes que indiquem em que categoria o trabalho está inscrita. É possível inscrever o mesmo trabalho em mais do que uma categoria.
Pede-se também aos participantes que não ultrapassem o limite de caracteres (no word) e o número de páginas (no pdf).

DATA LIMITE DE RECEPÇÃO DOS TRABALHOS: 11 de Dezembro às 18h.

Preço

O custo de cada inscrição é de 500€ (mais IVA). No caso de as empresas inscreverem um número igual ou superior a 10 trabalhos terão um desconto de 30% em todos os trabalhos. A inscrição de cada peça passa assim a ter um custo unitário de 350€ (mais IVA).

Após 27 de Novembro, e durante uma semana, continuaremos a aceitar inscrições mas com uma penalização de 20% no preço. Assim, o valor unitário de cada inscrição passa de 500€ para 600€ no caso de inscrever até 9 trabalhos e de 350€ para 420€ se concorrer com 10 ou mais trabalhos. O prazo regular de inscrições é então até 27 de Novembro. Existirá uma semana de alargamento de prazo, mas nesse período existe um acréscimo de 20% no valor de cada inscrição.

Pagamento

O pagamento deve ser realizado com a inscrição das peças e representa um dos requisitos para a validação das mesmas a concurso.

O pagamento poderá ser efectuado por transferência bancária.

Transferência bancária

  • Workmedia – Comunicação SA
  • Banco: Caixa Geral Depósitos
  • Número de conta: 675045878430
  • SWIFT: CGDIPTPL
  • IBAN: PT50 0035 0675 00045878430 39
  • com a referência de pagamento PMARKETING seguido do NOME DE FACTURAÇÃO DO CLIENTE.

O comprovativo da transferência deverá ser enviado para o email [email protected].

Vencedores

Divulgação dos vencedores

Os vencedores serão divulgados após a conferência/almoço que terá lugar em Fevereiro.

NOTA:

AS INSCRIÇÕES SERÃO CONSIDERADAS VÁLIDAS QUANDO RECEBER, POR E-MAIL, A CONFIRMAÇÃO. ESSA CONFIRMAÇÃO SERÁ ENVIADA APÓS RECEBERMOS A INDICAÇÃO DOS TRABALHOS QUE PRETENDE INSCREVER, O MATERIAL REFERENTE A CADA TRABALHO E O COMPROVATIVO DE PAGAMENTO.

AS EMPRESAS COMPROMETEM-SE COM A VERACIDADE DOS NÚMEROS QUE CONSTAM DOS CASOS APRESENTADOS.

Júri

Sectores de actividade

Ambiente e Energia

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas na área do ambiente energia, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Arquitectura, construção e imobiliário

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para materiais, equipamentos, serviços e empreendimentos ligados ao sector da arquitectura e construção, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Associações, sector público e terceiro sector

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para associações, órgão de governo/administração, empresas públicas e terceiro sector, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Automóvel e Mobilidade

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para o sector automóvel / mobilidade, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Banca, Finanças e Seguros

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para a banca, seguros e sector financeiro, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

B2B

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para negócios B2B, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Ciência e Educação

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para os sectores da ciência e da educação, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Cultura e Entretenimento

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para os sectores da cultura e entretenimento, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Desporto

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas na área desportiva, seja para clubes ou modalidades, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Internet e e-commerce

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para negócios assentes na internet ou no e-commerce, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Moda, Beleza e Lifestyle

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para as áreas de moda, beleza e lifestyle, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Produtos de Grande Consumo

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para o sector de bebibas, alimentação, drogaria, perfumaria e higiene, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Retalho e Restauração

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para o retalho, alimentar e não alimentar, e restauração, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Saúde e Bem-estar

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para o sector da saúde e bem-estar, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

TI, Media e Telecomunicações

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para os sectores de TI, media ou telecomunicações, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Viagens e Turismo

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas produzidas para o sector de viagens e turismo, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

B2C

Nesta categoria vamos premiar as melhores acções/campanhas destinadas ao consumidor final, podendo estas ser veiculadas através de diferentes suportes. Os resultados serão decisivos para a avaliação.

Q&A - Perguntas Frequentes

A quem se destinam os Prémios de Marketing M&P?

São dirigidos a todas as empresas e profissionais que, a título individual ou integrados em empresas, tenham apresentado trabalhos em Portugal ou que, tendo apresentado trabalhos no exterior, exerçam a sua actividade em Portugal.

Quantas categorias estão a concurso?

São atribuídos três prémios por categoria – Ouro, Prata e Bronze -, existindo este ano 32 categorias a concurso. Estas, por sua vez, integram-se em 9 grandes categorias (Sectores de Actividade, Meios, Relações Públicas, Branded Content, Sustentabilidade e Responsabilidade Social, Eventos e Patrocínios, Low Budget, Mercados Internacionais e Inovação) podendo ainda existir um Grande Prémio por cada uma destas grandes áreas.

A existência deste Grande Prémio depende da apreciação do júri. Em sentido contrário, mediante a avaliação dos casos a concurso, os jurados podem entender não atribuir os três troféus nas 32 categorias.

Para além dos troféus categoria, será igualmente atribuído, se o júri assim o entender, um Grande Prémio, para aquele que for considerado o melhor trabalho de todos os que se apresentaram a concurso. Será ainda atribuído o prémio Agência Criativa do Ano e Agência de Meios do Ano às agências que tenham sido mais premiadas nesta segunda edição dos Prémios de Marketing Meios & Publicidade. O director de marketing que veja as acções de comunicação dos produtos/serviços da sua empresa serem mais premiados recebe o troféu Marketeer do Ano.

No caso de inscrever um trabalho em mais do que uma categoria, como é feita a contabilização dos trabalhos a concurso?

Cada categoria é uma inscrição, logo a contabilização é a soma das categorias.

Poderão existir categorias sem vencedor?

Sim. Se o júri entender que nenhum dos trabalho a concurso em determinada categoria tem qualidade suficiente para ser distinguido o prémio fica por atribuir.

Poderão existir dois ou mais vencedores numa só categoria?

Sim. Excepcionalmente o júri pode atribuir mais do que um Ouro, Prata e Bronze por categoria.

Quando é que os vencedores serão conhecidos?

Serão conhecidos apenas no almoço de atribuição dos prémios. Esta decorrerá em Fevereiro.

Quem são os elementos do júri?

O Júri é constituído por:

  • André Freire de Andrade, CEO da Dentsu Iberia & SSAfrica
  • Andreia Vaz, head of CMI, strategy & innovation da Nestlé
  • Bernardo Rodo, managing director da OMD
  • Cristina Vaz Tomé, membro da Comissão Executiva e chief revenue officer do Grupo Impresa
  • Erik Lassche, CEO do Grupo Fullsix Portugal
  • Fernando Braz, country leader da Salesforce em Portugal
  • João Cardoso, head of digital do GroupM
  • Jorge Vinha da Silva, administrador executivo da Arena Atlântico e da Blueticket
  • Judite Mota, chief creative officer e managing director da VMLY&R
  • Loara Costa, directora de marketing e trade marketing da Sovena
  • Luis Pereira Santos, CEO da WeCann Portugal
  • Pedro Janela, CEO e fundador do WYgroup
  • Pedro Teles Baltazar, presidente do conselho de administração da Nova Expressão
  • Ricardo Tomé, director-coordenador da Media Capital Digital
  • Ricardo Valadares, director de comunicação, marca e sustentabilidade do Millennium bcp
  • Rita Amzalak, managing partner da Havas Media
  • Rui Freire, director geral da Initiative
  • Sérgio Leal, director de marketing & comunicação da McDonald’s Portugal
  • Susana Albuquerque, directora criativa da Uzina e presidente do Clube de Criativos de Portugal

É possível inscrever trabalhos fantasma?

Não. Todos os trabalhos inscritos terão que ter sido aprovados pelo cliente e veiculados/realizados. Os resultados são decisivos para a avaliação.

Qual o prémio para os vencedores?

O prémio físico é um troféu. Os vencedores das diversas categorias serão divulgados no site e na edição em papel do Meios & Publicidade. Será ainda enviado a cada vencedor um selo, que poderá utilizar em toda a sua comunicação. A distinção nos prémios de Marketing M&P traduz, sobretudo, o reconhecimento do mercado pela estratégia, comunicação e resultados obtidos pelas marcas.

Inscreva-se agora!

O custo de cada inscrição é de 500€ (mais IVA). No caso de as empresas inscreverem um número igual ou superior a 10 trabalhos terão um desconto de 30% em todos os trabalhos. A inscrição de cada caso passa assim a ter um custo unitário de 350€ (mais IVA).

Após 27 de Novembro, e durante uma semana, continuaremos a aceitar inscrições mas com uma penalização de 20% no preço. Assim, o valor unitário de cada inscrição passa de 500€ para 600€ no caso de inscrever até 9 trabalhos e de 350€ para 420€ se concorrer com 10 ou mais casos. O prazo regular de inscrições é então até 27 de Novembro. Existirá uma semana de alargamento de prazo, mas nesse período existe um acréscimo de 20% no valor de cada inscrição.

Para mais informações contacte:

Edições anteriores

Contactos

Em caso de dúvidas, entre em contacto pelo formulário abaixo ou pelos contactos fornecidos. Responderemos o mais brevemente possível.